Cinecartaz

Belarmino Teixeira

Código de Familia

Este filme entra dentro da realidade paralela das pessoas marginalizadas, seja pela etnia, ou extracto social. A vivência é crua mas ao mesmo tempo muito humana. A empatia pelos personagens é imediata. O embarque na aventura desta família cigana inglesa mostra-nos a exclusão social, relação conturbada pai e filho e a ideia de um futuro mais inclusivo para as gerações futuras. É uma filme carregado de poesia, drama e tensão. Há momentos onde Fassbender consegue mesmo criar uma empatia connosco e o seu desespero. A ver.

Publicada a 20-03-2017 por Belarmino Teixeira