Cinecartaz

JR

Uma grande escorregadela na Antártida

Os primeiros 2/3 desta comédia dramática são sedutores, não só pelo enormíssimo desempenho de Cate Blanchett (mais um), mas também pelo excelente jogo entre a malignidade de certos egos e a pureza imaginativa de outros. Richard Linklater habituou-nos ao excelente (lembro aqui a magnífica construção do "Boyhood: Momentos de Uma Vida") pelo que lamentamos a sua monumental escorregadela quando o filme pisou o gelo polar. Então o resto da fita revela-se meio inverosímil e atarantada, quebrando essa áurea que nos envolvia e fazendo realçar os aspetos negativos tal como o desempenho, muito teatral e previsível, de Billy Crudup. Foi pena, e assim,só nos resta desejar a Richard Linklater rápida recuperação.

Publicada a 02-12-2019 por JR