Cinecartaz

José Miguel Costa

2 estrelas

"Luz da Minha Vida" (escrito, realizado e protagonizado por Casey Affley) é um filme minimalista sobre a luta pela sobrevivência/fuga constante de um pai e a sua criança (uma rapariga que se vê na contingência de fingir-se rapaz) num amoral futuro pós-apocalíptico, semi-devastado, atingido por uma pandemia que matou quase toda a população feminina.

Cinematografia deste género existe às pazadas, sendo que esta "derivação morna" (carregada de lugares comuns e previsibilidade), (des)animada por um Casey Affley que (como sempre) faz de Casey Affley, não acrescenta absolutamente nada aos seus antecessores. Pelo que, apesar de se visionar sem grande frete (já que a notória falta de ritmo para um produto desta natureza é compensada por um "competente intimismo"), descarta-se com facilidade (tanto que esquecê-mo-lo dez minutos após a saída da sala de cinema).

Publicada a 11-11-2019 por José Miguel Costa