Cinecartaz

Jd

A ver

Há que conhecer a França para perceber este filme.
Crítica mordaz e subliminar à sociedade e à política francesa.
Ironia subtil longe da graçola reptiliana que roça a ordinarice.
É preciso ter um humor refinado e saber rir de si próprio.
Amei e ri.

Publicada a 10-12-2019 por Jd