Cinecartaz

José Miguel Costa

3 estrelas

O filme "Infância à Deriva" de Alexandre Rockwell é um drama geracional explanado em modo de quase fábula, embora retrate uma realidade dura e crua (a autonomia forçada de duas crianças que subsistem no seio de uma familia desestruturada com carência económica), graças à magia interpretativa e candura emanada pelos pequenos protagonistas (filhos do realizador), bem como pela poesia estética conferida pela sedutora filmagem em pelicula de 16 mm a preto-e-branco.
Uma obra que não brilha pelo conteúdo, que até se revela algo caótico e, por vezes, inverossímil (algo que desculpar-se-á se a encararmos sob a perspectiva de um eventual realismo mágico), mas pela sua "essência" encantatória, que nos transporta numa viagem de inocente "espirito livre" (destituida de julgamentos e moralismos).

Publicada a 08-08-2021 por José Miguel Costa