Cinecartaz

Nazaré

Burlesco, mas a falar de coisas sérias

Tem a virtude de divertir sem deixar que nos distraiamos das coisas sérias que são ditas. Para o meu gosto, o sentido de humor é às vezes brutal demais, mas tem grandes pontos a seu favor. Dividido em três partes, a terceira é a continuação da primeira, a fazerem sanduiche com um "dicionário" que alinha uma série de reflexões provocadoras – no bom sentido, no mesmo sentido da Encyclopédie no século XVIII em França: a maneira como se associam ideias aos vocábulos pode ser altamente subversiva.
A primeira parte pode parecer algo trivial, deambula com a protagonista por vários cenários de (creio eu ser) Bucareste, embora seja de evidente interesse o uso invulgar da câmara subjectiva, "fixando os olhos" em detalhes curiosos, como àpartes da agitação urbana; e vai mostrando episódios de horrível desrespeito entre as pessoas que, aliás, está também na origem da "má sorte" do título, fazendo pensar como se tem de viver com este tipo de desumanidade todos os dias. E é em complemento disso que a segunda parte nos ajuda a perceber algumas coisas sobre o que é o ponto de vista histórico-cultural da Roménia, o que vai ser útil para a terceira parte, o culminar desta fita e mais não dá para dizer – é ir ver.

Publicada a 20-09-2021 por Nazaré