Cinecartaz

Pub

O Homem Que Vendeu a Sua Pele

Título original:
The Man Who Sold His Skin
De:
Kaouther Ben Hania
Com:
Yahya Mahayni, Dea Liane, Koen De Bouw
Género:
Drama
Classificação:
M/12
Outros dados:
SUE/BEL/Tunísia/FRA/Turquia/ALE, 2020, Cores, 104 min.

Para escapar à guerra, Sam Ali deixou a Síria e refugiou-se em Beirute (Líbano). O seu desejo é encontrar abrigo na Europa, onde se possa sentir livre do medo que o tem acompanhado nos últimos anos. Um dia, conhece Jeffrey Godefroi, um artista conceituado mas bastante controverso, que lhe faz uma proposta: tatuar uma obra nas suas costas. Sam, que precisa desesperadamente de dinheiro, aceita. Porém, convertido numa obra de arte de valor incalculável, deixa de ter liberdade de movimentos ou direito ao próprio corpo. Ao transformar-se num objecto de desejo de uma elite de coleccionadores, chama também a atenção de activistas dos direitos humanos. 
Nomeado para o Óscar de melhor filme internacional, um filme dramático com assinatura da realizadora tunisina Kaouther Ben Hania, sobre dois mundos que se guiam por lógicas opostas: a vida elitista dos artistas ocidentais e a luta pela sobrevivência dos refugiados de guerra. Para o argumento, a realizadora inspirou-se na história verídica de Wim Delvoye, um artista belga que tatuou uma obra na pele do suiço Tim Steiner, que posteriormente vendeu a um colecionador por 150 mil euros. Yahya Mahayni, Dea Liane, Koen De Bouw e Monica Bellucci assumem as personagens. PÚBLICO

PUB

Votos dos Leitores

Média da votação dos leitores, num total de 10 votos (carregue na posição pretendida para votar)

Votos dos Críticos

Envie-nos a sua crítica

Para submeter o seu comentário tem que ter javascript activo no seu browser.

Pedimos que respeite os nossos Critérios de Publicação. Reservamo-nos o direito a não publicar quaisquer comentários inadequados ou ofensivos. O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados. Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.

Críticas dos nossos leitores